Publicado em 20/03/2021

Reflexões de outono

Imagem da publicação de isaquefranklin

Escrito por @isaquefranklin




As folhas começam a cair, o tempo começa a esfriar, as chuvas cessam, os casacos acordam de sua longa hibernação de quase seis meses no guarda-roupa, isso por conta da chegada de um senhor bem inusitado, o outono.

Por volta do dia 21 ou 22 de março ocorre o equinócio de outono, período em que o sol passa mais ou menos pelo meio de sua rota entre os trópicos de câncer e capricónio em sua dança anual das estações do ano, isso é o que chamamos outono.

 

 

Sem dúvidas um dos melhores períodos do ano, pelo menos para mim, já que não sou grande apreciador de períodos mais quentes, e confesso, tenho uma certa preferência por temperaturas mais amenas. Mas além de apenas mais uma estação do ano, o outono está aí para lembrar que até a mais desconfortável das situações - ou estãções - passa, e o contrário também é verídico, a mais divina das situções - e novamente, ou estações - também passa. Se pensarmos de certa maneira, tudo é cíclico, e visto que existem varíaveis limitadas pode-se deduzir que existem combinações limitadas, e no final tudo acaba sendo cíclico, tudo se repete mais cedo ou mais tarde. 

Como diziam os estoicos, já que as situações se repetem com frequência, é justo que nós tenhamos padrões de como reagir ou lidar com as diversas situações distintas que se apresentam à nós, e assim como temos um novo padrão e forma de lidar à cada estação do ano, vestindo um casaco no caso do outono ou inverno, ou usando peças de roupa mais frescas nas estações mais quentes, devemos tratar de criar nossos próprios padrões para lidar com as situações da vida.

 

 

A ideia de que a tudo é cíclico de certa forma, não é recente, o próprio rei Salomão no alto de toda sua gradiosa sabedoria já afirmava que "não existe nada de novo abaixo do sol". A vida é uma grande dança que se repete, só temos que aprender a dançar de forma adequada.




Leia mais publicações de @isaquefranklin.



Se cadastre agora mesmo e comece a compartilhar seu conteúdo, você tem o que dizer.










Blogme © 2021